domingo, 21 de setembro de 2014


Assim afinal

Quem somos nós
um para o outro
afinal
no delicioso desacordo de ideias
que hipoteticamente possam existir
talvez nada mais valido
a definir
senão deixar fluir
serenamente, a minha fé
o que consigo usufruir
consideravelmente
do que me rodeia
ajuda-me a construir quem sou
para mim
esta a ideia
assim como quem sou
para ti …


LmcF

3 comentários:

Isabel disse...

vontade crescente de cá vir...sentir as tuas palavras...
continua lindo o que escreves...
beijo...

Filomena Pereira disse...

Lindas sempre as tuas palavras assim como intensas e verdadeiramente inspiradoras!
É sempre um enorme prazer vir aqui "espreitar" o que tão bem transmites pela magia das palavras!
Beijo :)

sandra disse...

lovelyyyyy

Enviar um comentário